Archive for março, 2010


Entenda para que serve o iPad

buystrip_ipad_20100225

Só agora tive coragem de baixar pelo podcast da Apple no iTunes, a keynote completa do iPad e finalmente pude entender para que diabos ele serve.

Na verdade, você parando e pensando até dá, no entanto, nossa euforia do dia, ou simplesmente a desistência nos fazem, às vezes, falar algo contrariando a verdadeira função do novo gadget da Apple.

Vi muita gente reclamando, inclusive eu, pelo iPad não ser o que queríamos. Perceba que, quem provavelmente falou isso fomos nós, usuários nerds, que ama tecnologia, que faz jailbreak, que mexe nas pastas do iPhone OS, que faz tudo e um pouco mais pois, entendemos do assunto e sabemos o que ele é capaz.  

É, resumindo, o iPad não foi feito pra gente!

Obs.: Este post contém muitas imagens. Se você tiver um internet lenta ou está pelo iPod touch/iPhone, tente ir ao computador, ou tenha paciência para elas carregarem.

Tirei várias prints da keynote. Pelas imagens abaixo você entenderá para que ele serve.

ipad 1

Steve Jobs começou falando que a Apple é uma empresa da tecnologia portátil. Tem-se os iPods, MacBooks e iPhones. Com eles, a Apple atinge vários usuários de todas as classes sociais e gostos. Tem desde o mais simples até o mais avançado.

ipad 2

Com isso, ele mesmo disse. A Apple é a maior companhia de dispositivos móveis do mundo.

ipad 3

A partir disso, Steve começou a falar sobre o que já lançaram até os dias de hoje. Começou com o seu primeiro notebook.

ipad 4

E agora temos um que resume na palavra perfeito. Depois…

ipad 5

O iPhone. E adivinha?

ipad 6

Temos agora o 3GS.

ipad 7

Ele colocou um ao lado do outro e disse que são categorias diferentes. Quem quer um aparelho portátil, fácil de mexer, leve, simples, bonito… vai pro iPhone. Quem quer um computador, bom, ágil, intuitivo, veloz, perfeito pra tudo… pega um MacBook. Mas…

ipad 8

Por que não termos algo mais simples que esses dois e que é melhor em determinados quesitos? E quais são eles?

ipad 9

Internet, email, fotos, vídeo, música, games e livros. Já sabe o que é né? Mas antes, vamos comentar sobe os netbooks. Steve foi bem claro. Não servem para nada. E está certo. Entre um netbook e iPad, com certeza escolho o iPad.

ipad 10

Os netbooks tem tela pequena e simples, baixa qualidade no hardware e claro, usam o software do PC. Quando vamos comprar um todos dizem a mesma coisa. Se você quer entrar na net, ver fotos, uns vídeos de vez em quando… Opa, opa, opa!! Você já leu isso, não? Está lá em cima ó: “Internet, email, fotos, vídeo, música, games e livros”.

Acho que já entendeu.

ipad 11

O iPad serve pra isso. Se quiseres algo a mais, vai para um MacBook ou PC mesmo.

todas as funcoes ipad Já que está virando moda (virando, não. Virou!), ter um leitor de livros e afins, que tal também um leitor de livros?

ipad 13 

A Apple com isso, criou mais uma loja: iBookstore. Nela, não temos dúvida que será um sucesso visto a decadência das vendas de livros, jornais e revistas. Mesmo assim, dói saber que no Brasil não teremos uma (pelo menos por enquanto). Seria ótimo ler meus livros e revistas por um device desse e claro, o preço seria bem atrativo. Mesmo assim, quem sabe ler em inglês, vale a pena.

E aí está:

ipad 14

Uma nova categoria. Pense comigo. Olhe pra imagem acima e pergunte o que você quer? Tens 3 opções viu!

ipad 16

“Nossa mais avançada tecnologia em um dispositivo mágico e revolucionário com um preço acessível.”

Para mim, como tenho um touch, não seria bom. Uso-o toda noite para ver emails, entrar brevemente na net, tuitar, essas coisas do iPad mesmo. Mas, caso eu fizesse isso o dia inteiro, aí valeria a pena. Pagar $500 só para usar à noite durante umas horinhas? Apesar de que, claro, seria ótimo fazer isso por ele e usar o touch apenas para ouvir música.

Não dá para dizer como será sua próxima geração, mas essa, foi feita para as pessoas que ainda não têm um produto da Apple. Feito pra sua mãe, pai, avó… Um aparelho fácil de mexer e que faz tudo. Criatividade não vai faltar para profissionais que o comprarem, ou usuário simples em dizer para que ele serve. Cada um vai usar do seu jeito.

Com isso, deixo aqui os comentários para vocês debaterem esse assunto. Uns vão gostar, outros não. Uns vão entender, outros não. Só sei que agora saberei o que dizer sobre o iPad e se vale a pena comprá-lo.

Anúncios
O maior site de aplicativos crackeados do mundo está prestes a fechar as suas portas
 
   

O maior site de aplicativos crackeados do mundo está prestes a fechar as suas portas. Um dos desenvolvedores do grupo Hackulo fez um post no fórum do time explicando os motivos que levaram a esta decisão de fechar o Appulo.us. Segundo TDDebug, Kyek, criador e idealizador do site, está completamente sem tempo de se dedicar ao site, tudo porque sua vida pessoas está lhe consumindo muito tempo, tornando-o incapaz de gerir, otimizar e desenvolver o site. Além disso, o servidor site não consegue suprir a demanda de 3 milhões de acesso por dia (!), o que deixa-o lento e periodicamente indisponível.

No entanto, o mesmo TDDebug está desenvolvendo, idealizando, enfim, criando um outro site que promete ser tão completo e melhor quanto o Appulo.us foi (ou é). O Apptrackr irá herdar do Appulo.us todo o seu banco de aplicativos, e não será administrado somente pelo TDDebug, mas sim por muitos outros designers e desenvolvedores.

O Apptreckr já está no ar, porém só pode ser usado por desenvolvedores, moderadores e doadores. Isso mesmo, o grupo está liberando o uso do site para pessoas que doarem US$30. Se tudo ocorrer bem o site deverá estar pronto e liberado ainda neste mês.

Opinião do autor: Se uma pessoa pode pagar US$30 para baixar aplicativos de graça, porque ela não pode usar estes US$30 para comprar aplicativos oficiais na iPhone App Store? Vai entender este mundo.

Já comentamos aqui da confusão de nomes que a Apple aprontou ao chamar o iPhone de 2ª geração de 3G. Isso foi por causa da tecnologia telefônica a qual ele era compatível e não pela geração do aparelho. Ela tentou consertar a falha, chamando de 3GS o terceiro aparelho, mas vários sites insistem em chamar de “iPhone 4G” o novo que deverá vir ainda este ano. Porém, 4G é mais conhecido como a nova tecnologia de transporte de dados por celular que atinge velocidades surpreendentes (capaz de atingir mais de 100Mbps). O Canadá e os EUA já estão em pleno desenvolvimento de sua rede.

Brincando com isso, a operadora americana Sprint fez um ótimo comercial cutucando a AT&T e sua mal falada cobertura 3G. Ela criou um vídeo vendendo o seu hotspot Wi-Fi móvel (chamado Overdrive), com um iPhone aproveitando a rede veloz da sua nova estrutura 4G.

O título do comercial é sugestivo: “Make Your iPhone 4G” (transforme seu iPhone em 4G):

Se você está no iPhone ou iPod touch,  toque aqui para ver o vídeo.

Eu já tinha visto este tipo de modem no site de uma operadora alemã. Ele compartilha a internet do chip via Wi-Fi, para que você conecte seu laptop, computador, iPad ou até mesmo iPhone/iPod touch. Sensacional.

Tomara que vire moda.

A Apple acaba de enviar a todos os desenvolvedores um email avisando que já está aceitando envios de aplicativos para o iPad. Os que forem enviados até o dia 27 de março terão grandes chances de estar na “grande estreia”, que deve acontecer em 3 de abril, dia de lançamento do tablet nos EUA.

Pelo teor do email, acredito que a App Store deva receber uma leve modificação. Ou então, aplicativos exclusivos do iPad deverão ser visualizados/baixados apenas no tablet.

Os desenvolvedores cadastrados poderão conferir a nova interface de envio de screenshots no iTunes Connect, que agora mostra a opção para imagens 1024×768.

A ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) determinou nesta quinta-feira que as operadoras são obrigadas a desbloquear todo e qualquer celular vendido por elas, sem custo, em caso de solicitação do cliente.

O desbloqueio da Estação Móvel é direito do usuário, que pode ser exercido a qualquer momento junto à Prestadora responsável pelo bloqueio, sendo vedada a cobrança de qualquer valor ao usuário pela realização do serviço.

No caso do iPhone, a maioria das operadoras não têm cobrado pelo desbloqueio, mais ainda existem casos regionais em que isso acontece. Com a medida, todas são obrigadas a desbloquear sem custo.

A regra entra em vigor na semana que vem, quando será publicada no Diário Oficial da União. É importante destacar que as operadoras somente são obrigadas a desbloquear aparelhos que elas mesmo venderam. Um iPhone comprado no exterior não poderá ser desbloqueado oficialmente no Brasil. O desbloqueio do aparelho também não significa que o contrato de fidelidade com a operadora seja cancelado; o tempo mínimo previamente estipulado (1 ano) continua.

A determinação da ANATEL reforça ainda mais a suspeita de que a próxima geração do iPhone possa vir já desbloqueada de fábrica (leia “Próxima geração do iPhone poderá ser vendida já desbloqueada no Brasil“).

O desbloqueio oficial permite que o aparelho funcione com chip de qualquer operadora, não bloqueando nunca mais, mesmo com atualizações do OS.

Muitos leitores já nos perguntaram como funciona o processo de inscrição no Programa de Desenvolvedores oficial da Apple para brasileiros. Enquanto que em países que possuem uma iTunes Store local o processo dura no máximo dois dias, no Brasil o desenvolvedor só recebe a sua licença depois de esperar longos três meses.

O site Olhar Digital fez uma matéria interessante sobre como é a saga de alguns brasileiros para publicar aplicativos na loja virtual da Apple. Vale a pena dar uma conferida para quem se interessa no assunto.

Se você é desenvolvedor ou está tentando ser um, conte para nós como está sendo a sua saga pessoal.

A Lemon Mobile acaba de divulgar o primeiro vídeo do aplicativo OrkUp, que permitirá o envio de fotos aos álbuns do Orkut diretamente no iPhone e iPod touch, coisa inédita até hoje (leia “Primeiro aplicativo de envio de fotos do iPhone para o Orkut, breve na App Store“).

O vídeo ficou muito bem feito, mostrando de uma maneira divertida os detalhes do aplicativo. Ele deverá estar disponível nos próximos dias na App Store.

Uns fazem mistério bobo com fotos borradas, outros brincam de primeiro de abril. O fato é que está para ser lançado na App Store o primeiro aplicativo para iPhone OS capaz de enviar fotos para o Orkut, a rede social preferida dos brasileiros.

O Blog do iPhone conseguiu com exclusividade as primeiras imagens do aplicativo OrkUp, que deve ser disponibilizado na loja da Apple nos próximos dias.

Atualmente, a versão mobile oficial do Orkut é bem limitada. Não permite, entre outras coisas, enviar fotos do celular para o site, coisa que outras redes, como o Flickr e o Facebook, já permitem faz tempo. E o pior de tudo é que a Google não disponibiliza uma API pública para que desenvolvedores possam criar aplicativos para a função.

Mas como brasileiro sempre encontra um jeito para tudo, o OrkUp utiliza uma tecnologia própria e inédita que possibilita o uso da função.

Nele, você poderá criar álbuns diretamente no aparelho, ou então enviar para aqueles já existentes. Também poderá determinar o compartilhamento de cada álbum, deixando público ou então disponível apenas para amigos.

Apesar das imagens aqui estarem em inglês, ele tem uma versão totalmente em português, voltada para o público brasileiro.

O aplicativo já foi enviado para a aprovação da Apple e deve pintar na App Store nos próximos dias. O interessante é que ele contará com um sistema em que todos poderão testá-lo antes de efetivamente comprar o aplicativo.

A Sony prepara o lançamento de uma série de produtos nos segmentos de smartphones e tablets para concorrer com a Apple, informou o jornal “Wall Street Journal”.

“Ameaçada pela crescente oferta de dispositivos portáteis da Apple, a Sony está desenvolvendo uma nova linha de produtos, incluindo um smartphone com o qual os usuários poderão baixar e instalar jogos do PlayStation”, diz o jornal em sua edição digital desta quinta-feira (4).

A publicação, que cita como fonte a “uma pessoa familiarizada com o assunto”, detalha que o outro dispositivo no qual trabalha a empresa japonesa é uma combinação de computador portátil, leitor de livros eletrônicos e console de videogames, que concorreria com o iPad, da Apple.

A Sony já havia lançado anteriormente um leitor eletrônico Reader, focado em leitura de e-books.

A Apple obteve 152 mil encomendas de seu tablet iPad nos três primeiros dias de sua pré-venda, a partir desta sexta-feira (12), estima analista.

O impacto foi mesmo grande no primeiro dia, com 25 mil encomendas por hora, o que totalizou já 120.000 iPads, informa blog de tecnologia do jornal “Fortune”.

Depois, no sábado e domingo, a média de encomendas despencou para estimados mil tablets por hora.

Quanto ao tipo de iPad, o modelo com apenas Wi-Fi é responsável por quase 70% do interesse; o com Wi-Fi e 3G, por cerca de 30%. Há praticamente interesse igual entre os modelos de 16, 32 e 64 Gigabytes.

O analista venezuelano Daniel Tello, fonte das estimativas, atribui metade das vendas do primeiro dia a “puro exagero de fã super-empolgado”.

O envio do produto está previsto para começar de fato em 3 de abril.